Ritual de Fechamento de Corpo

11.02.2015

          Vamos tentar esclarecer um dos rituais mais fortes de nossa Umbanda Sagrada. O ritual de fechamento de corpo. Para entendermos, como é feito, como funciona e qual e o objetivo principal do fechamento de corpo, é necessário que tenhamos uma pequena noção sofre o funcionamento fluídico de nosso corpo perispiritual, nos quais o “fechamento” ou o “cruzamento” se processa.

             Nosso perispírito reflete e exterioriza os mais íntimos registros do nosso pensamento, portanto, é por ai que começa o processo de Fechamento de Corpo.

          Não existe a fórmula mágica para que nosso corpo vire aço e nos proteja de toda a maldade humana, como assaltos, tentativas de assassinato, etc. A formula que usamos chama-se Fé. Você em primeiro lugar deve estar com o pensamento forte voltado para a proteção material, assim afasta-se toda e qualquer tipo de atividade negativa voltada para o lado material, e claro, que também como essa super força em ação, os pensamentos positivos, afastam qualquer tipo de energia espiritual negativa, como a famosa “macumba”.

              Nesta casa, o ritual se dá antes da quaresma, pois a quaresma é uma energia voltada ao recolhimento interior, espiritualidade e ficamos todos mais vulneráveis as energias.

Através da mente desequilibrada, enfraquecemos nossos chacras e permitimos a instalação de doenças, espíritos obsessores e mal funcionamento da nossa aura. Espíritos bons, como nossos anjos da guarda, se utilizam de nosso campo espiritual para realizarem o tratamento magnético ou energético, portanto, acender a vela de 7 dias brancas para o anjo guardião é dever de quem faz esse tipo de ritual.

             Energeticamente falando, o fechamento de corpo é uma imantação de nossos centros de forças, para impedir uma ação negativa de espíritos voltados ao mal. Ao magnetizar os centros de forças do médium, cria-se um escudo de proteção que repelirá essas ações.

Podemos nos livrar de tudo, menos de nós mesmos!

             O rito para fechamento de corpo, como o próprio nome diz tem a intenção de Fechar, Trancar, Bloquear, Impedir e Dificultar que qualquer maldade ASTRAL tenha acesso ao nosso perispírito ou atingir nossas estruturas espirituais. Isso não quer dizer que uma pessoa que passou por um Rito de fechamento de corpo está totalmente impune de qualquer ato de maldade ou de algo chamado fatalidade. Mas, com este trabalho, a intenção é no mínimo reduzir o impacto que poderíamos sofrer no caso de uma atuação negativa ou mesmo de uma fatalidade.

               Então a frase “eu tenho o corpo fechado” não quer dizer que se tornou de aço, que a partir de hoje lhe foi posto uma superproteção, praticamente você pode levar um tiro que não vai acontecer nada. Não quero deixá-lo (a) triste, mas vai sim, se alguém com uma boa mira atirar em você, vai te acertar e dependendo do caso você poderá até mesmo desencarnar.

         A proteção é para o lado astral, claro que o astral ou o espiritual reflete na nossa matéria, no nosso corpo carnal, então a idéia é que com a máxima proteção espiritual a nossa parte material, também tenha um pouco a mais de proteção. Mas não podemos aceitar isso como uma regra e que nada, absolutamente nada, nos fará mal. Sim, pode sim, tudo dependerá do que deve passar e o porquê deve passar.

            O Rito de fechamento de corpo é praticando dentro de nossos terreiros, é uma cultura antiga e alguns hoje em dia não têm o costume da realização desta prática e outros nem conhecem apenas ouviram falar.

             É uma proteção que se agrega ao nosso corpo espiritual e que com certeza dificultará a ação de Demandas, Trabalhos ou Espíritos sem luz que queiram nos prejudicar.

          Geralmente são praticados por entidades de Umbanda ou de Candomblé, onde são utilizados elementos como: Chave, Pemba (BRANCA), Ervas, Azeite, Correntes, Patuás, Rezas, Orações, Velas, Águas, Conchas, Correntes de aço, Alho, etc. Cada Guia/Entidade terá a sua particularidade e forma de manipular os elementos físicos para proteções astrais.

            Não existe um meio correto de utilização, não existe uma receita de bolo e nem uma regra, até porque cada caso é um caso, onde uma pessoa necessita mais de um fechamento de corpo de sentimentos (angústias, mágoas, etc.), pois por ser uma pessoa muito sentimental se abala com mais facilidade do que um outro, então cada caso deve ser avaliado com cautela e, isso, quem determinará será o Guia que está realizando o Rito. Todos os elementos de trabalho que serão utilizados durante o fechamento de corpo deverão ser “cruzados” ou “abençoados” na força de um Orixá, geralmente efetuamos este processo de “cruzamento” ou de “benção” na força de Pai Ogum, o Sr. Do Metal, o Sr. Das Lutas e das Batalhas, para corte de demanda, é o Sr. Da proteção suprema dentro da Lei. Mas nada impede de que na sua casa, onde a força maior e regente é de Omulú, você pode cruzar os elementos na força de Sr. Omulú. Lembrando que Sr. Omulú responsável pelo fim, logo a imantação dos elementos será com o pedido de FINALIZAÇÃO de todas as demandas. Então porque não imantar ou cruzar os elementos na força de Pai Omulú. É um grande Pai e sua força é tão grande quanto à de Pai Ogum, responsável por abrir os caminhos do bem e fechar as portas da maldade.

               Com relação aos elementos que serão utilizados em seu fechamento, eles podem ter inúmeras formas, por exemplo, uma pessoa necessita de um fechamento de corpo contra Vampirismo astral então utilizamos o Azeite consagrado juntamente com o dente de Alho, no caso de um fechamento de corpo contra a atuação das energias negativas que assombram durante a noite, podemos fazer um fechamento de corpo com velas, etc. Na nossa casa, por exemplo, o usamos para nos livras das energias dissonantes da quaresma. Então conforme o tipo de fechamento de corpo que será aplicado existirá um elemento que poderá ser agregado ou utilizado que atuará com mais intensidade do que simplesmente a utilização das Chaves.

              Tudo isso acompanhado de rezas e orações, com elementos já consagrados. Vale lembrar que ter o corpo fechado não significa que seremos supremos, imortais, invencíveis ou até mesmo a prova de bala. Ter o corpo fechado é ter o corpo equilibrado com determinadas proteções que serão instaladas em seu Corpo Astral, onde dificultará o acesso de espíritos negativados ou de demandas que lhes foram direcionadas, por isso, que o trabalho para fechamento de corpo deve ser praticado algumas vezes durante o ano, para renovação da proteção e também para fortalecimento do seu espírito.

 

Fonte Instituto 7 Porteiras

 

Adaptação Adriana S. Martins

Please reload

Instituto 7Raios
Abassá de Ogunté:

 

Somos uma casa com ensinamentos espirituais baseados nas obras de Allan Kardec, Umbanda e no Esoterismo, sem fins lucrativos, sediada na Avenida Água Funda, 250, na Vila Guarani, na capital do estado de São Paulo, Brasil. Foi inaugurada no dia vinte de janeiro de 2003, com autorização do Preto Velho Pai João de Mina e da Cabocla Janaína, entidades dirigentes que determinaram nossas diretrizes, entre as quais está a pratica da caridade.

 

Nossa prática de desenvolvimento mediúnico é fundamentada nos ensinamentos tradicionais da nação Omoloco da Umbanda, conhecida como Umbandablé. Estudamos os ensinamentos transmitidos pelo Caboclo 7 encruzilhas (o codificador da Umbanda). Buscamos, porém, uma religião muito além das tradições, através do estudo e aprendizado como forma de evolução.

 

Diante do nosso compromisso, não nos prendemos nas práticas do culto afro, pois temos a consciência que existem muitas filosofias "mágicas" que contribuem para o desenvolvimento do ser humano e do Planeta. Isto não quer dizer que modificamos a essência da nossa religião, ao contrário, incorporamos no nosso aprendizado a busca do despertar interno.

 

Nossa Filosofia é o despertar em cada assistido ou médium, o seu "DEUS" interior e trazer para sua vida o Equilíbrio, a Estabilidade e a Paz.

 

Todos têm uma verdade a seguir, e aqui ela se encontra dentro de cada um. O que importa é respeitarmos todas as doutrinas e praticarmos o "bem sem olhar a quem".

 

Não somos donos da verdade, desejamos apenas mostrar a essência da humildade umbandista, como é simples e linda a nossa religião.

 

Enfim, estamos fazendo nossa história e convidamos a todos para fazer parte também.

 

 

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now