REFLEXÃO E RENOVAÇÃO

02.04.2015

O tempo não faz pausas para ninguém, por isso tenha a certeza que todos os dias você mostra o melhor de você para aqueles que estão na sua vida.

Faça a dieta da vida: de manhã use bastante sorriso, a noite use bastante o agradecimento!

 

 

Páscoa: Reflexão e Renovação!

 

A Páscoa, comemorada todos os anos com grande fervor pelos cristãos, é a maior festa da cristandade. Seu significado hebraico é passagem. A data é a celebração da Ressurreição de Jesus Cristo após a sua crucificação e representa a esperança na vida eterna. 

 

A ideia de passagem da Páscoa não é apenas uma referência à passagem de Cristo da morte à ressurreição. Também faz referência a algumas celebrações pagãs e outras judaicas, como a passagem do inverno para a primavera e a passagem de libertação dos judeus escravizados no Egito, tudo isso antes mesmo do tempo de Jesus Cristo.

 

A Páscoa é comemorada no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera do hemisfério norte, sempre depois de 21 de março e antes de 24 de abril.

 

No cristianismo, a Páscoa vai comemorar exclusivamente a Ressurreição de Cristo, por isso esta data é tão importante e deve ser vivida fervorosamente. Em 2015, a Páscoa acontece no dia 05 de abril. A Páscoa é o ápice de uma série de eventos que começa na Quinta-feira Santa, passa pela Sexta e Sábado Santos e termina com o Domingo de Páscoa, a chamada Semana Santa. Nesta semana, aproveitamos para nos purificar e aperfeiçoar nossos dons mediunicos. Usamos a unção das ervas com a água para lavar a nossa coroa, nosso chakra coronário. É um dia lindo, cheio de fé, com cânticos e muita, mas muita alegria! Claro que tudo isso vem com muito amor, boa vontade e muita fé! 

 

A atmosfera de RENOVAÇÃO, que a Páscoa me dá, particulamente é uma das datas comemorativas que mais gosto, pelo fato de ter uma ideia reconfortante da sensação de que a esperança não morre, ela vence o ímpossivel e nos traz um alento para acreditar e enxergar que a vida continua apesar da Morte. Além de que é um dia que podemos retomar o trabalho espiritual com força total.

 

Considere esse dia como um dia de renascimento. Todos os dias deviam ser como o primeiro dia do ano. Ao despertar você deve estar com a disposição tão renovada e feliz ao ponto de desejar "Feliz Ano Novo!" para todos. 

 

Se renovar por dentro, deixar sentimentos negativos irem embora e serem preenchidos pela vontade de viver. 

 

Nesta semana, muitos terreiros de umbanda dão início as comemorações da Semana Santa na quarta-feira santa com o fim da quaresma. Muito antes do cristianismo o povo africano já respeitava a quaresma, porém com um significado diferente dos fatos relacionados a vida de Jesus Cristo.

 

Enquanto os cristãos celebram a morte e a ressurreição de Cristo, os africanos celebram o Lorogun, período em que os orixás entram em guerra contra o mal, para trazer o pão de cada dia para seus filhos. O retorno dos orixás acontece no sábado de aleuia.

 

 

A Quaresma e a Páscoa na Umbanda!

 

A Guerra dos orixás na quaresma

Em muitos terreiros de umbanda na quarta-feira de cinzas os orixás da casa devem ser vestidos e cada filho de santo oferece a eles suas comidas preferidas.

Os atabaques são recolhidos, depois de serem lavados com ervas, somente sendo acordados no Sábado de Aleluia, sendo esta a forma de fortalecer os atabaques do terreiro. Os orixás estão em guerra!

 
Lorogun – rituais da umbanda na Semana Santa

Na noite de quinta para sexta-feira da paixão os seguidores da umbanda devem se proteger, usando seus contra-eguns, pois nesse dia Iansã está em guerra e não pode conter os eguns que nos rondam.

Na sexta-feira da paixão são oferecidos pratos a Oxalá, em busca de paz e prosperidade para o terreiro e seus filhos e seguidores.

No Sábado de Aleluia, Ogum, guerreiro maior do panteão africano, faz a distribuição de pães, representando a vitória na guerra pela paz. É o fim da guerra dos orixás.

 
A Criação do Mundo na Umbanda

Na umbanda, a Semana Santa representa a criação do mundo, por este motivo, neste período seus seguidores devem vestir-se de branco, principalmente na sexta-feira da paixão, por ser este o dia em que os orixás descem do Orún (o mundo dos espíritos) para conhecerem a grande criação de Olorum.

Durante a Semana Santa devemos nos alimentar com comidas brancas, tais como canjica, arroz, arroz doce, acaçás e pães. Devemos evitar a ingestão de qualquer tipo de carne, assim como não devemos ingerir bebidas alcoólicas especialmente na sexta-feira da paixão.

 
A páscoa nos terreiros de umbanda

Muitas casas de santo comemoram a Páscoa trocando ovos de páscoa, por ser um costume arraigado em nossa sociedade embora não faça parte das comemorações da umbanda.

 

Enfim, gostariamos apenas de passar o significado da Páscoa na nossa casa, o mais simples possível e bendizer a sua Semana Santa, seja ela, cheia de paz e tranquilidade e que Oxalá traga bençãos para sua vida e para sua família.

Please reload

Instituto 7Raios
Abassá de Ogunté:

 

Somos uma casa com ensinamentos espirituais baseados nas obras de Allan Kardec, Umbanda e no Esoterismo, sem fins lucrativos, sediada na Avenida Água Funda, 250, na Vila Guarani, na capital do estado de São Paulo, Brasil. Foi inaugurada no dia vinte de janeiro de 2003, com autorização do Preto Velho Pai João de Mina e da Cabocla Janaína, entidades dirigentes que determinaram nossas diretrizes, entre as quais está a pratica da caridade.

 

Nossa prática de desenvolvimento mediúnico é fundamentada nos ensinamentos tradicionais da nação Omoloco da Umbanda, conhecida como Umbandablé. Estudamos os ensinamentos transmitidos pelo Caboclo 7 encruzilhas (o codificador da Umbanda). Buscamos, porém, uma religião muito além das tradições, através do estudo e aprendizado como forma de evolução.

 

Diante do nosso compromisso, não nos prendemos nas práticas do culto afro, pois temos a consciência que existem muitas filosofias "mágicas" que contribuem para o desenvolvimento do ser humano e do Planeta. Isto não quer dizer que modificamos a essência da nossa religião, ao contrário, incorporamos no nosso aprendizado a busca do despertar interno.

 

Nossa Filosofia é o despertar em cada assistido ou médium, o seu "DEUS" interior e trazer para sua vida o Equilíbrio, a Estabilidade e a Paz.

 

Todos têm uma verdade a seguir, e aqui ela se encontra dentro de cada um. O que importa é respeitarmos todas as doutrinas e praticarmos o "bem sem olhar a quem".

 

Não somos donos da verdade, desejamos apenas mostrar a essência da humildade umbandista, como é simples e linda a nossa religião.

 

Enfim, estamos fazendo nossa história e convidamos a todos para fazer parte também.

 

 

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now