Umbanda tem fundamento é preciso preparar...

28.06.2015

A quartinha

               A umbanda tem muitos fundamentos, todos eles têm sua devida importância, mas eu não vi nada mais importante como o culto a água. Como ela é importante para o bom andamento dos trabalhos espirituais de uma casa umbandista. Água é um dos elementos naturais mais receptivos com uma energia altamente condutora, ela é utilizada nas quartinhas, nos copos de firmeza de anjo de guarda, no batismo, nos banhos ritualísticos e principalmente pelos Guias espirituais nos momentos onde há necessidade de realizar grande limpeza, purificação e energização de nosso corpo astral e de nossa casa, afinal existem cargas e energias maléficas que somente esse elemento é capaz de limpar, desfazer e equilibrar.

               A quartinha é um objeto que pode ser de barro ou de porcelana, geralmente é vista logo na entrada, determinando que ali, o espaço é sagrado, mostrando a primeira vista de que se trata de um local de ritual religioso.

               A quartinha, geralmente está cheia de água, para absorver toda a impureza do ambiente, em obrigações ela fica bem na entrada da porta do terreiro, para que os filhos de santo ao se adentrarem no espaço a passem sob sua cabeça e despacha a água da Quartinha e coloca-se água nova na mesma, renovando a sua energia, tirando as impurezas vindas com essa pessoa. Com essa ação, entende-se que a água está transmutando as energias.  

               É um dos utensílios indispensáveis nos cultos afro-brasileiros, sendo usada na maioria dos assentamentos e obtenção dos Axés. Se a quartinha for de barro, ela precisa passar por um processo de envernizamento externo e por um revestimento oleoso interno, para que a água ou outra bebida nãos seja absorvida pelo barro, e sob temperaturas elevadas, evapore completamente.

               Deixar a água em movimento, é de suma importância, pois ela tem o poder de absorver, acumular ou descarregar qualquer vibração, seja benéfica ou maléfica. Dependendo do seu uso, por exemplo, ao se rezar para uma pessoa e acender uma vela do anjo de guarda para essa pessoa, devemos colocar ao lado um copo de água. Muitos casos essa água fica energizada ou fluidificada, podendo a pessoa doente tomar. No caso de quem tem a firmeza do anjo de guarda, essa água deve ser trocada sempre que a vela do anjo for firmada, e toda a vez que a água for trocada o médium deve tomar três golinhos dessa água.

               A água que se apanha na cachoeira é água batida nas pedras, nas quais vibra, crepita e livra-se de todas as impurezas, assim como a água do mar, batida contra as rochas e as areias da praia, também acontece o mesmo. A importância da água pode ser traduzida numa única palavra: Vida. Afinal somos gerados numa bolsa d´água que nos mantem vivos enquanto estamos no processo de vinda ao planeta Terra.

               As águas utilizadas para descarrego, tem um fundamento bem parecido com a fumaça, sendo que a fumaça carrega as energias consigo similar ao vento, e a água absorve estar energias.

               A água firmada em uma quartinha utilizada em obrigações, significam energia vital, e nos copos juntos às velas de Anjo de Guarda ou atrás das portas de entrada, têm a finalidade de atrair para si as energias que ali passam, atraídas pela Luz ou passando pela porta. Os copos de águas utilizados para estes fins (Anjo de guarda ou atrás das portas) devem ser descarregados pelos menos de 7 em 7 dias, pois senão ficarão saturadas e perderão seu poder de absorção. Esta descarga deve ser feita em água corrente que simboliza o movimento necessário para transportar as energias absorvidas por ela.

               A quartinha ajuda muito o médium que acaba de desincorporar um Orixá, a água que está dentro dela, ajuda o médium a ter calma após o transe espiritual.

               A quartinha é um objeto muito sagrado, e quando se “conquista” ou a ganha pelas obrigações feitas, o médium deve criar o ato de cuidar/zelar pelo seu bom uso, não podendo a mesma ficar mais de 7 dias sem ser trocada a água, como elas servem de imã espiritual, essa troca de água constante também ajuda o médium a se manter limpo e energizado. Ela é algo pessoal que não recomendamos que seja manipulada por outra pessoa, apenas pelo seu próprio dono, para conter as suas vibrações. Devemos cuidar da quartinha, como se estivessem cuidando de nossa alma.

               Esperamos assim que todos consigam ter um pequeno esclarecimento de algo tão importante em nossos fundamentos. Entender o que acontece dentro dos terreiros também faz parte do seu desenvolvimento espiritual.

               Muita luz!

 

Axé

Adriana S Martins

Please reload

Instituto 7Raios
Abassá de Ogunté:

 

Somos uma casa com ensinamentos espirituais baseados nas obras de Allan Kardec, Umbanda e no Esoterismo, sem fins lucrativos, sediada na Avenida Água Funda, 250, na Vila Guarani, na capital do estado de São Paulo, Brasil. Foi inaugurada no dia vinte de janeiro de 2003, com autorização do Preto Velho Pai João de Mina e da Cabocla Janaína, entidades dirigentes que determinaram nossas diretrizes, entre as quais está a pratica da caridade.

 

Nossa prática de desenvolvimento mediúnico é fundamentada nos ensinamentos tradicionais da nação Omoloco da Umbanda, conhecida como Umbandablé. Estudamos os ensinamentos transmitidos pelo Caboclo 7 encruzilhas (o codificador da Umbanda). Buscamos, porém, uma religião muito além das tradições, através do estudo e aprendizado como forma de evolução.

 

Diante do nosso compromisso, não nos prendemos nas práticas do culto afro, pois temos a consciência que existem muitas filosofias "mágicas" que contribuem para o desenvolvimento do ser humano e do Planeta. Isto não quer dizer que modificamos a essência da nossa religião, ao contrário, incorporamos no nosso aprendizado a busca do despertar interno.

 

Nossa Filosofia é o despertar em cada assistido ou médium, o seu "DEUS" interior e trazer para sua vida o Equilíbrio, a Estabilidade e a Paz.

 

Todos têm uma verdade a seguir, e aqui ela se encontra dentro de cada um. O que importa é respeitarmos todas as doutrinas e praticarmos o "bem sem olhar a quem".

 

Não somos donos da verdade, desejamos apenas mostrar a essência da humildade umbandista, como é simples e linda a nossa religião.

 

Enfim, estamos fazendo nossa história e convidamos a todos para fazer parte também.

 

 

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now