Visitas ao Site

Abassá de Ogunté - Instituto 7Raios

Av. Água Funda, 250 - Vila Guarani/SP

E-mail: i7raios@gmail.com

Telefone: (011) 3805.9766 - 9 9732-3368

  • i7Raios
  • Canal 7Raios

© 2014 por Instituto 7Raios

Quer começar sua vida, neste ano, de forma diferente?

Para começar é preciso harmonizar-se primeiro!

Dentro da energia de um novo ciclo é preciso fazer as coisas de maneira diferente.

Alinhar pensamentos e sentimentos. Ancorar o comprometimento com a sublime força de vontade.

Uma nova fase exige disciplina. E antes de começar, vale fazer a boa e velha faxina.

Jogue fora o desamor. Nesses próximos 5 dias escreva sobre o que gostaria que fosse melhorado em você.

Depois, no dia 31/12, em qualquer período, queime esses papéis.

Buscamos felicidade a todo momento, e Deus nos deu este sentimento gratuito desde que nascemos.

Mas, a buscamos em outros. Felicidade é sua! Não pertence a ninguém. Pare de dizer que o que te tornará feliz é uma casa melhor, um carro melhor, um trabalho, e assim por diante... Felicidade está em viver. Se você não está gostando de sua vida no momento, quanto está disposto(a) a mudar? 

Porque dizer que vai mudar é muito fácil, manter o comprometimento para a mudança que é o complicado.

Acreditamos que nessa época do ano é muito natural desejos de renovação virem à tona. Então, agora é o momento de idealizar. Para essa nova fase é importante ser realista. Reconheça seus limites. Não invente coisas que sabe que não fará. As energias precisam fluírem e a todo instante serem renovadas. Crie algo que te auto motive. Lance desafios do tipo: ficarei 5 dias sem comer fritura, ficarei 48 horas sem reclamar, ficarei 24 horas em estado de gratidão, andarei 1 quilômetro. Coisas do tipo, mas que sejam possíveis de fazer.

É comprovado cientificamente que as energias regem a nossa vida e tudo ao nosso redor. Daí a importância de manter o fluxo de energia livre para que elas se renovem e sempre estejam na vibração positiva.

Bem-estar é essencial para o fluxo natural. Pensamentos e sentimentos positivos devem estar equilibrados. Assim, em momentos turbulentos, enxergamos soluções e não problemas.

Quer que 2019 seja um ano melhor que 2018?

Para fazer as energias fluírem, daremos abaixo algumas dicas para serem colocadas em PRÁTICA.

1. SEJA GRATO: A gratidão é uma forma de manter o nosso campo energético cheio de harmonia e paz. Ao darmos graças a vida, recebemos mais graças. Observamos mais a sintonia que o Universo traz para fluir a vida no planeta. Seja grato (a) pelo ar que respira, por andar, por enxergar, etc. Esse hábito transforma vidas.

2. PRATIQUE O DESAPEGO: Energia parada não faz nada bem! Tudo aquilo que está sem uso há mais de 02 anos deve ser doado ou reutilizado. Desapegue de coisas que não use. Isso serve para sentimentos também.

3. ARRUME SEUS ESPAÇOS: Manter ordem nos espaços que você utiliza como quarto, escritório, cozinha, carro, etc. Mantê-los organizados contribuiu para o movimento de energia mental. Um local sujo traz confusão interna (coração) ao passo que limpos trazem clareza.

4. SEJA GENTIL: Faça favores e espalhe sorrisos por aí. A maioria das pessoas do mundo todo encontram-se em batalhas, não sabemos detalhes da vida do outro, evite julgamentos, contribua sempre que puder com organizações que ajudam o próximo. Faça a sua parte.

5. DEDIQUE UM TEMPO: Separe um tempo para sua família, para seus passatempos, para se dedicar há algo que te remeta felicidade.

6. INSPIRE-SE: Busque movimentos que te ajudem a motivar-se. Crie o hábito de elogiar pessoas, coloque frases em post-it, no celular. Onde seus olhos possam bater e remeter a esperança.

20/4/2018

Para dar início ao assunto trazido nesta semana, e que provavelmente estará em pauta nos próximos meses (observem) vou citar uma frase que acabei de receber de um dos mestres de Aruanda: “Para Construir, é de baixo para cima. Mas, para desconstruir é de cima para baixo”.

Pois é! Estamos hoje com a retrogradação do Planeta Saturno e no domingo 22/04 a retrogradação do Planeta Plutão. Dois planetas que mexem com estruturas.

Todo movimento para trás, apesar de trazer dificuldades, nos servem para olhar o que não está certo na nossa vida e buscar a chance de consertar.

Claro que falar de Saturno ou Plutão, em seu toque profundo no nosso mapa natal, nunca é falar de flores, rs! Onde eles tocam, nos revelam se estamos realmente no caminho certo.

A frase do nosso mestre, mostra claramente que nunca começamos por cima. Para construir é necessário planejar e executar.

A melhor forma de explicar a retrogradação de Saturno e imaginar uma pessoa que foge de suas responsabilidades quando um muro é erguido a sua frente. A pessoa em vez de tentar subir e encarar o desafio, vai procurar onde começa o muro. Pensa: se o muro for como a muralha da China, é imenso o negócio. O jeito é enfrentar a dificuldade, ver o que não está legal na vida. Parar e olhar para cima do muro para ver se consegue subir. Momento de reflexão total e não fugir ou se esconder.

Quando falamos desses planetas, que estão atualmente no signo de Capricórnio, que é o 10º signo do zodíaco do elemento terra, frio e seco, onde as energias que conduzem a matéria, a sustentação da pessoa, o reconhecimento do seu caminho, capricórnio busca a estrutura.

Devemos ter o cuidado de assumir compromissos que não podemos cumprir, cuidado com começar coisas sem o planejamento.

Nesses próximos meses, abaixo eu coloco as datas, denota-se uma lição que precisa ser aprendida onde tudo demandará um grande esforço. Agora para saber melhor onde isso acontece, seria importante fazer o mapa astral e analisar onde acontecera essa energia. Descubra seu ascendente, que seria o número 1 do mapa, e dali para frente, faça uma lista com os próximos 11 signos, só para descobrir que área está capricórnio do seu mapa

Cada número e a casa correspondente do seu mapa astral que mostra onde esses fatos acontecem na vida da pessoa:

·         Ascendente ou casa 1 = fala da personalidade, o eu, a autoimagem.

·         Casa 2 = valores e posses.

·         Casa 3 = comunicação, irmãos, vizinhos, parentes, educação básica, viagens pequenas.

·         Casa 4 = lar, a família, a base estrutural, genitor mais forte, base para a sobrevivência.

·         Casa 5 = identidade, lazer, prazer, os filhos, a criatividade e os romances.

·         Casa 6 = rotina, o trabalho e a saúde.

·         Casa 7 = parcerias e o casamento, como enxergamos o outro.

·         Casa 8 = tabus, medos, sexo, sexualidade, psique, heranças, o dinheiro do outro, morte e renascimento.

·         Casa 9 = espiritualidade, moral, ética, os estudos superiores, o estrangeiro e a porta da sabedoria.

·        Casa 10 = status, a carreira, o nosso desejo de conquista, o genitor que influencia a nossa imagem pública, aspirações e o sucesso.

·         Casa 11 = projeto futuro, associações, grupos, amizades e o sentimento humanitarismo.

·      Casa 12 = altruísmo, nosso segredo, karma de vidas passadas, o espiritual, os bastidores, sofrimento, o inconsciente.

Exemplo, casa 1 ou ascendente no signo de virgem, casa dois no signo de libra, casa 3 no signo de escorpião, casa 4 no signo de sagitário, casa 5 no signo de capricórnio... achei! Na casa 5 que significa afirmação de identidade, os filhos, o lazer, o prazer, o romance, etc., esses dois planetas estarão... e vão mexer com a estrutura que eu tenho da maneira como lido com minha criatividade, meus filhos, meu prazer, meu lazer, etc. Se eu não estiver bem nessa área, com certeza vou levar um safanão dos dois. Porque onde eles tocam mostram as dificuldades.

Saturno é disciplinador e não desiste na primeira e nem na décima vez até que seu objetivo seja cumprido e seu alvo seja atingido. Assim, conseguimos desenvolver as competências que lhe foram cabidas ou destinadas.

Já Plutão que é um planeta lento e fica de 10 a 15 anos em um signo, em seu movimento retrógrado revela tudo o que está escondido e dá destaques ao poder, ao sexo, a magia, aos rituais, ao mistério, as doenças bem malignas, a morte, a transmutação, etc. Mas, ele faz tudo isso para trazer o poder da transformação, do renascimento, da recuperação e da renovação.

Plutão é senhor do submundo que representa o nosso subconsciente, onde guardamos as nossas feridas mais profundas e que costumamos a enterrar. Quando ele toca olha dentro da nossa psique, com sua força marcante e poderosa trazendo à tona o que devemos eliminar e viver em harmonia.

Apesar de ser algo tenso, difícil e muito marcante, esses dois planetas trazem consigo a força de desconstruir aquilo que já não serve mais e que teimamos em continuar. Eu vejo um planeta com a ceifa na mão e o outro embaixo com o caldeirão ardendo, que representa o inferno onde somos queimados e renascidos pelo poder do fogo: Fênix.

Para conseguir enfrentar o período, revise tudo o que não está bom, pense com responsabilidade, haja com ponderação, com adequação, busque esse tempo para se conhecer melhor.

São épocas difíceis para quem não quer evoluir. Renasça, ressurja e se reinvente. Evite confrontos, discussões e tentativas de manipulação. Surgirão mal-entendidos quando houver ambição, instintos e impulsos. Controle-se ao máximo para não criar situações sem retorno.

Poderá surgir o efeito que nada caminha, tudo está fechado, angústia, desmotivação e pensamentos negativos que influenciam o sistema nervoso levando a depressão.

Seja objetivo, organize-se, planeje e aguarde o término deste período para praticar o novo bater de asas.

Período:

o   Saturno – 17/04/2018 à 05/09/2018 – desconstruir para construir melhor.

o   Plutão – 22/04/2018 à 01/10/2018 – morrer para renascer.

o   Júpiter – 11/03/2018 à 11/07/2018 – desapegar é preciso.

Para saber mais procure um astrólogo qualificado, o mapa astral é uma fonte de autoconhecimento maravilhosa.

27/12/2017

Todos os anos, em nosso encerramento das atividades, as entidades ciganas vêm para nos abençoar para mais um ano que surge no horizonte. Apontando uma nova oportunidade, uma nova chance de poder realizar e conquistar, de poder perdoar e se renovar.

No final deste trabalho maravilhoso, nossa amada mentora Elizabeth nos faz escolher uma vela colorida para ser acesa momentos antes da virada do ano. Ela nos faz parar e pensar, colocar a mão dentro de um saco e tirar a vela. Cada vela colorida tem um sentido. O pedido da cigana é que passemos a virada do ano com a cor que foi tirada, seja numa roupa nova ou num objeto novo.

           

Ela diz que a cor é nossa força e que devemos usar sempre para nos ajudar a realizar os nossos objetivos. Aqui vai umas dicas para você também participar conosco deste momento. Compre algumas velas coloridas. Geralmente aqui usamos as cores: Branco, azul claro, azul marinho, vermelho, amarelo, laranja, lilás, roxo, rosa e verde.

O preparo para o ritual

           

Independente de vestir a cor, você também poderá fazer os decretos das cores. Anote num papel a frase do decreto da cor que você escolher, leia três vezes, com firmeza e convicção. Esse ritual pode ser realizado depois dos festejos também. Tome um banho com ervas de sua preferência. Crie um ambiente de paz e harmonia para você, acenda uma vela, um incenso de sua preferência, faça uma oração, um mantra, vale colocar uma música relaxante, um ambiente que represente um clima espiritual de elevação.

           

Fazer essa preparação no ambiente ajuda você entrar em conexão com o mundo místico-religioso. Você ficará mais receptivo e o ritual das cores firmará em seus pensamentos e plasmará em sua aura a firmeza da cor que irá te acompanhar por todo o próximo ano, ajudando a produzir essa nova realidade que foi decretada.

           

Outra dica importante é que você deve fazer esse ritual uma vez por mês. Se fizer o ritual no primeiro dia do ano, você pode fazer todo primeiro dia de cada mês e assim por diante.

           

A cor usada é sua força. Você deve acreditar nela, sentir ela, vibrar ela, etc. A palavra de força da cor escolhida, descrita por cada uma delas, será a sua bandeira erguida que permitirá ser ativa durante todo o ano. Recomenda-se que deixe a cor sempre visível em objetos, seja no trabalho ou em casa.

           

No momento do ritual é muito importante que repita-se 3 vezes cada decreto da cor escolhida.

           

Não existe a melhor ou a pior cor. Existe aquela que você precisa. As entidades ciganas trabalham com várias cores, menos com marrom, mas aqui no 7Raios, acreditamos que todas elas tem sua força. Fizemos uma lista de cores: você pode escolher ou fazer a retirada da vela conforme descrito acima.

AS CORES, segundo o texto do mestre Valcapelli baseado no livro “Vivendo numa boa”, Editora Vida & Consciência e a colaboração espiritual de nossa amada Cigana Beth.

BRANCO: Roupas brancas representam o propósito de se desposar do velho e de entrar no próximo ano limpo. Ressurgir. Sugere mudanças na conduta, mudança de crença e começar tudo de novo. Pureza e Ascensão. Tirar as mágoas e angústias feitas surgidas no passado. DECRETO da cor branca: “Eu escolho viver em paz e farei o possível para viver bem e ser feliz”.

PALAVRA DE FORÇA: Paz e Harmonia.

AMARELO: Amarelo transmite alegria, inteligência, clareza de raciocínio e o melhor entendimento de todas as situações, trabalhando fortemente a compreensão. Traz disposição para lidar com as adversidades, com bom humor e descontração. Atrai oportunidades e conspira a favor da riqueza e fartura. DECRETO da cor amarela: “Eu escolho viver com alegria e bom humor!”. PALAVRA DE FORÇA: Alegria.

LARANJA: A cor laranja contribui para as mudanças e inovações. Traz bem estar e muita energia. Sugere ousadia, coragem e espírito aventureiro. É ideal para fases de transição profissional ou da vida afetiva, tais como mudar de emprego, romper laços, assumir novos compromissos. DECRETO da cor laranja: “A coragem me levará ao sucesso!”.

Palavra de força: Coragem.

VERMELHO: A cor vermelha induz a ação e a prática efetiva dos objetivos que se quer conquistar. Ajuda a realizar e transformar os planos em ação, realizando desejos e as vontades. Desperta a eficiência e a praticidade para lidar com as questões difíceis do cotidiano. A cor da paixão. DECRETO da vermelha: “Eu quero, eu posso e eu faço!”.

PALAVRA DE FORÇA: Motivação

VERDE: A cor verde colabora com a leveza. É a cor da cura de todos os males, sejam físicos ou espirituais, financeiros ou emocionais. Transmite bom senso, ponderação e ajuda a evitar os extremos, reduz os exageros e minimiza o estresse durante a realização das atividades. Induz tanto ao respeito pelos próprios limites, quanto o fluxo natural dos acontecimentos. DECRETO: “Nada de fora me tira ou prejudica a minha saúde!”.

Palavra de força: Saúde e Equilíbrio.

Verdes mais escuros: agem nas camadas mais densas da energia

Verdes mais claros: trabalham com a verdade, clareza nas idéias.

AZUL: A cor azul sugere confiança, tranquilidade, serenidade e fé nos processos existenciais. Promove condições favoráveis para quem busca a paz e harmonia nos ambientes familiares ou em grupos sociais. DECRETO: “Eu confio em mim, sou bom o bastante e o universo é meu aliado. Uno as minhas forças com quem me apoia. Juntos venceremos!”.

PALAVRAS DE FORÇA: Fé.

Tons mais escuros como o Índigo, anil ou marinho intensificam a disposição em querer saber tudo o que se passa ao redor; maior clareza em situações onde a consciência precisa ser livre e tome conta dos processos direcionando novas decisões. DECRETO: “Que venha a verdade, ela me torna livre e consciente!”. PALAVRAS DE FORÇA: Consciência e Liberdade.

VIOLETA: O violeta e seus tons representam o controle dos acontecimentos, dominar as situações existenciais e ter maior domínio sobre certas áreas da vida que exija responsabilidade. Tomar as rédeas, ter segurança e assumir o controle dos eventos cotidianos e não deixar que os outros interfiram naquilo que diz respeito de si próprio. DECRETOS DO VIOLETA: “Eu tenho o poder sobre tudo o que me proponho a fazer!”. "Eu Sou a Luz que ilumina o meu mundo, que me antecede e me ampara na sua Poderosa Proteção".

PALAVRAS DE FORÇA: Poder e Elevação.

ROSA: A cor rosa desperta a afetividade e contribui para felicidade em todos os relacionamentos: pais e filhos, marido e esposa, colegas e amigos, namoro. Trata-se do amor incondicional, desperta o sentimento de melhora de estimar, perdoar, reconciliar e harmonizar. Contribui para quem objetiva ser feliz no amor, seja com novos parceiros ou com quem se relaciona atualmente. A influência dessa cor potencializa a ternura, melhorando a expressão dos sentimentos, consequentemente atrairá as condições apropriadas para o amor. DECRETO: “Eu mereço ser feliz, tudo que eu fizer estarei protegido(a) e purificado pelo amor. Meu coração está em harmonia”.

PALAVRA DE FORÇA: Amor.

MARROM: A cor marrom representa o concreto, a forma, a maturidade e a firmeza para superar adversidades. Ela desperta a seriedade, responsabilidade e ajuda a estabilizar emoções te trazendo para a realidade. Essa cor ajuda a confrontar os problemas em vez de fugir deles. DECRETO DO MARROM: “Sou capaz de superar qualquer dificuldade!”.

PALAVRA DE FORÇA: Realidade.

PRETO: A cor preta é a cor mais escura, sendo o resultado da falta parcial ou completa da luz, algumas pessoas não a usam em viradas de ano, outros mais radicais dizem que é algo negativo. A cromoterapia se baseia na energia da cor sobre a aura e não usamos a cor preta para tratamentos. Vestir preto não tem uma finalidade energética, mas sim uma sugestão emocional onde a pessoa possa estar querendo estar mais neutra no ambiente, sensação de distanciamento e uma sensação que existe uma barreira na interação com situações ou as pessoas ao redor. Não há nada de maldade, ruindade ou outra coisa qualquer nesse sentido. A cor preta sugere neutralidade, tanto que é muito usada em rituais, onde os sacerdotes usam a cor preta para não misturar sua energia com a do ritual. A cor preta bloqueia entrada e saída de energias. DECRETO DA COR PRETA: “Eu sou o meu melhor aliado e não preciso agradar os outros!”.

PALAVRA DE FORÇA: Descrição.

Que seja abençoado o seu Ritual.

Luz e amor!

Adriana Martins

30/12/2016

2017 = 2+0+1+7= 10 

1 + 0 = 1

Depois de um ano de encerramento de ciclo conturbado e cheio de discórdias, a energia do 1 irá valorizar o lado humano das pessoas. A proteção de si mesmo, da sua privacidade e da sua paz vão estar em alta. Para isso é preciso analisar bem as pessoas ao redor e se conhecer melhor. A generosidade está em alta e deverá ser valorizada. Desperte a sua sensibilidade em ajudar e ela será bem vista e bem recompensada.

2016 foi um ano intenso e cheio de transformações. Finais de ciclos ocorrem para abrir espaço para novas coisas em nossas vidas, e, nesse ano, trabalhamos essa verdade. O que não é para ser, não foi. É de extrema importância determinar agora o que você quer para o próximo ano. Focar energia no que realmente faz bem. Coisa que eu acredito que seja a nossa verdadeira missão: nos entender!

Situações que vieram a tona! Momentos tensos! Ainda vamos continuar vivendo tensões se realmente não nos entendermos. Não há mais espaços para mentiras e enganações. Mas, não fiquem frustrados por conta desses momentos difíceis. Tudo que passamos tem um sentindo, e acredito que estamos sendo impulsionados por forças superiores a buscar a nossa melhora pessoal. Tente lidar com tudo isso com leveza. Escolha encarar as coisas com seriedade, responsabilidade e cumprir fielmente seus objetivos.

Chega final do ano, prometemos isso ou aquilo, e nada faz sentindo se realmente não incorporar os nossos objetivos como melhora para si mesmo. Então, vai lá! Força na jornada. Se um relacionamento afetivo chegou ao fim, não desista. Relacionamentos têm de nos fazer felizes. Aquilo que te faz passar raiva, ciúmes, frustrações, baixa estima está com algo muito errado. E se acabou, está na hora de seguir em frente. Deu certo enquanto durou.

Amizades podem ter chegado ao fim este ano. Eu que o diga. Nunca fiquei tão decepcionada! Mas, acredito que tudo tem um propósito. Assim como se foram alguns, gente nova chegou. Alguns até retornaram e retornaram de forma madura e transformada. Use essas coisas para realmente dar valor aos verdadeiros, esteja sempre com pessoas que te fazem sentir para cima, que te falam a verdade e estão cheios de positividade. Se passou por você, era necessário. Foi quem tinha de ir e ficou quem tem de ficar. VERDADE foi clara e objetiva. Mesmo assim, decepcionados, perdoe e deseje infinita felicidade a essas pessoas.

Ano de Saturno vai representar disciplina, responsabilidade e muito trabalho. Se formos dedicados, seremos recompensados. Tenham certeza de que haverá muitas oportunidades pra vocês se dedicarem ao que realmente amam e terem muito sucesso. Mas, pra isso, vocês precisam fazer a parte que lhe cabe! Organizem-se, foquem, façam acontecer! Invista em ferramentas que te ajudam a se compreender. AUTOCONHECIMENTO  é a grande mágica para uma vida realizada. Tudo é um processo, tudo acrescenta, ensina e ajuda na evolução.

Agora, te pergunto: o que você quer para sua vida? Lembre-se que criamos nossa realidade através de atitudes e pensamentos. Não fique culpando o outro pelo seu insucesso. Hora de acordar. Pense na vida. Pense no que quer. Foque! Estabeleça metas.

Quando ficarem introspectivos, não façam atividade arriscada. Busque tomar um passe, receber reiki, deeksha, realizar atividades de cura, energização. Acima de tudo, queremos você feliz e equilibrado. Acreditamos que o conteúdo que partilhamos pode ajudar na busca pelo equilíbrio e tranquilidade. Por isso indicamos orações, salmos e banhos.

Entre em contato conosco!

11/11/2016

O AMOR DE DEUS EM MIM
O AMOR DE DEUS EM VOCÊ


Olá seres iluminados! Você foi chamado a participar de uma grande mudança vibracional. Acredite! É essencial. 
Eu recomendo que leiam tudo e depois faça a oração de invocação.


Estamos nesse momento, em especial o dia de hoje 11/11/2016, na oportunidade de receber uma grande benção divina. Os Arcanjos estão posicionados no grande portal que se abre hoje para nos manter em força e coragem.
O Portal 11:11 é um momento supremo do tempo, enquanto a Luz Divina causa a evolução no seu interior durante este momento. É um presente de uma Realidade intemporal que está em harmonia com Toda a Vida. 

Diz assim o Bem-Amado Arcanjo Gabriel:

Queridos, 
Desde o começo do tempo tem havido momentos claros em que os Portais de Despertar abrem para os indivíduos avançarem. 
O Portal 11:11 é a abertura de um portal coletivo, altamente vibracional para assistir a evolução da consciência na Terra nesta época. 
Atravessar o portal, num sentido figurado, lhes permite mudar para o seu EU mais Evoluído, em unidade com o Tudo Que É. 
Vamos oferecer sugestões e visualizações para que sua imaginação possa ajudá-los a criar um lindo cenário para empoderar este ritual cheio de Luz. 

Vocês foram codificados internamente para este momento de despertar. 
É outro estágio na evolução da consciência, um com grande poder e apoio. 
Os Arcanjos estão no portal para mantê-los em força e coragem. 

O Universo está disposto a tudo para chamar sua atenção e encorajá-los a cumprir o seu destino de Alma. 

Esta é a oportunidade de aprimorar  suas visões, intenções, invocações e manifestações, enquanto os véus caem. 
O futuro se desdobra e você como um Ser de Luz consciente terá a capacidade de influenciar esse futuro. Então fica aqui uma pergunta para você meditar: Quem é você? Para onde você quer ir?

Imaginem que sua oração é o ponto de virada - a chave que encaixa na porta para a Unidade, mas não pense que isso apenas se trata só de você. A partir de hoje, você fará parte de uma consciência coletiva, em que o próximo também fará parte de você!

Então vamos lá:

Sugestão para a Oração!

Eu gosto muito de invocar a divina chama violeta para limpar o ambiente e a mim. 
Invoque a Presença do Arcanjo Miguel, lembre-se que todos os arcanjos estão posicionados para nos atender!

Poderosa Presença Divina EU SOU, Fonte de tudo o que existe, presente nos corações de todos os humanos. Nós Vos amamos e bendizemos! Nós Vos reconhecemos como a Única Doadora de nossa vida, inteligência e substância.
Selai-nos em Vossa Luz, em Vosso Amor, e no Poder da Vitoriosa Perfeição. Chamejai em nós  Vossa Luz e Vosso Amor, a fim de que possamos trilhar o caminho que nos preparastes. Protegei e guardai-nos, conduzi e guiai-nos, iluminando-nos com a Verdade que nos libertará. Manifestai-Vos em todas as horas, para que possamos ser Vós Própria em ação, em todos os tempos! Projetai Vossa Luz sobre nós, para abençoar toda vida que contatarmos.
Bem-Amadas Legiões de Luz, Mestres Ascensionados e Grandes Seres Cósmicos, Doze Elohim, Doze Arcanjos, Doze Chohans, e especialmente Vós, Bem-Amados Mestre Ascensionado Saint Germain, Arcanjo Ezequiel e Seu Complemento Divino Ametista. Poderoso Arcturus, Bem-Amada Kuan Yin, Poderoso Saithrhu e Chohan Senhora Mercedes, e todos os que servem no Sétimo Raio, nós Vos enviamos o amor de nossos corações e invocamos: vinde e estai conosco neste serviço, e carregai-nos com todo o Poder do Amor, da Misericórdia, da Compaixão e da Transformação do Fogo Violeta.
Nós Vos agradecemos.


A GRANDE INVOCAÇÃO
Do ponto de Luz na mente de Deus,
que flua Luz à mente dos homens,
e que a Luz desça à Terra.
 
Do ponto de Amor no coração de Deus
que flua amor ao coração dos homens,
que Cristo retorne à Terra.
 
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,
propósito que os mestres conhecem e servem.
 
Do centro a que chamamos a raça dos homens
que se realize o plano de Amor e de Luz
e feche a por
ta onde se encontra o mal.
 
Que a Luz, o Amor e o Poder
restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra hoje
e por toda a eternidade. Amém.

E agora entro em contato com essa maravilhosa luz divina e me preparo para ser guiado por este portal 11:11 de tempo, eu peço que a Luz do Amor Divino limpe qualquer desarmonia no meu campo de energia. 

Eu voluntariamente deixo ir os fardos de antigas crenças para que eu possa erguer a cabeça e atravessar livremente os portais para a Consciência de Unidade. 

Dentro da amplitude de meu campo de energia limpo eu peço que ela seja preenchida com o poder do Amor Divino, Harmonia e Paz. 

Eu peço para receber e irradiar a força e a coragem para incorporar esta Luz Divina e ancorar a presença do Amor, Paz e Cura na Terra e assistir a evolução dela. 

Eu me uno com as Forças Angélicas e com os milhões daqueles que trabalham na Luz de Deus, enquanto atravessamos o Portal 11:11. 

Eu sei que quando um é elevado, todos são elevados. 

Eu permito novos padrões de energia exaltada da Luz unirem-se à minha estrutura humana na finalização da Unidade - União dentro de meu ser com o Divino. 

Eu danço pelos portais cheios de Luz sentindo sua orientação e sabendo que a conscientização amorosa de novas possibilidades em minha vida é proporcionada em todos os momentos, a cada batida do coração. 

Eu desperto em sua Luz e aceito os Presentes Divinos sendo me oferecidos agora com suprema gratidão. 

Vocês estão me dando a Conexão Divina a uma vida maior, e eu agradecidamente recebo. 

Estou honrado por ancorar esta Luz na Terra, pois a presença da Natureza aguarda a minha conscientização. 

Abracem-me com Amor e orientem-me enquanto atravesso este portal para a consciência pentadimensional para que eu possa usar seu Amor Divino para trazer Vida, Paz e Alegria maiores através do meu ser e ser uma bênção para a Terra. 
Por esta e por todas as suas bênçãos, eu digo: GRATIDÃO, GRATIDÃO, GRATIDÃO! 
Que assim seja. 
E assim é. 
Amém.

Adriana Martins

10/12/2015

               A energia do Sol é a da existência do ser, não deve ser jamais desprezada para quem lida com o lado espiritual. É o Sol que proporciona vida, a maior felicidade da vida e os sentimentos mais profundos de satisfação sempre que a existência parece vazia e sem sentido, ou quando se levanta a questão de nossa missão na vida.

               Sol é sinônimo do viver, da alegria e da satisfação. Dizem por ai, que 2016 será regido pelo Astro Rei, e que as previsões são muito boas. Será?

               Eu acredito que as coisas melhorem se nós fizermos por onde. Estas novas energias que virão em 2016, são propícias para quem quer dar uma guinada na sua vida. Apesar de termos ai uma crise em nosso Brasil querido, sabemos que são períodos negativos em que as pessoas se tornam mais criativas, e trazem coisas para melhorar a vida dos próximos.

               Tenho certeza que 2015 foi um ano de muita luta, e não devemos criticar ou dizer que foi um ano ruim. Temos que agradecer este ano que se finda, para que 2016 e suas vibrações sejam propícias para quem quer dar a tal virada em sua vida.

               Mais um ano chega, e esse ano chega para que na sua vida? Será que não é hora de mudar? Se você acha que é hora, venha participar de nosso ritual de encerramento e agradecimento a energia de 2015 com a corrente cigana. Faça por onde valer a sua determinação em mudar. Aproveite para dar o seu melhor. 2016 é um ano de atitude, de concretizações, de descobertas. Será necessário tomar cuidado com alguns sentimentos como arrogância, individualismo e o egoísmo, pois estes podem ser potencializados pela força do Sol.

               E falar do Sol é falar da força do Arcanjo Miguel, que será o Arcanjo regente de 2016. Na Umbanda é a força de Oxalá, orixá da criação. Em todas as suas manifestações estará exaltada. Juntamente com a força de Iemanjá, que a partir de julho também reinará.

               A renovação da fé estará bastante presente na vida das pessoas. Importante lembrar que não é só fé em Deuses e seus mitos, e sim fé em si mesmo. Anos 0, como 2016, são inícios de ciclos, onde todos terão as mesmas oportunidades de evolução.

               Oxalá é o orixá que carrega o pano branco, aquele que traz a paz. Ele o criador da humanidade. Aquele que com seu cajado, administra o mundo. Teremos um ano mais lento, pois Oxalá é um orixá lento, porém é constante. Será um ano mais equilibrado. Começaremos tudo de novo, uma nova oportunidade de recomeçar. Repensar em nossas atitudes e despertarmos o amor ao próximo, pois este é o único caminho que nos conecta a Oxalá.

               Já quem teve em 2015 um ano de realizações, 2016 consolidará mais ainda todas as conquistas. Estaremos bem guardados! Será ainda um ano onde acontecerão alguns eventos de êxodo de pessoas, muita imigração em vários países. As pessoas estarão se alocando, se movimentando, tudo de forma lenta, mas em movimento constante. Quem sabe a paz se fortalece e se finda algumas guerras! Torcendo muito para isso acontecer!

               Além de Oxalá, uma de suas formas de manifestação, é conhecida como Oxaguiã, orixá do progresso que também estará presente em 2016. Obatalá, o Oxalá que criou a Terra cuidará do nosso planeta, remanejará a Terra para termos mais equilíbrio com a Natureza, ele trará tufões e furacões. E a influência de Iemanjá renovará nossos corações, equilibrará a nossa fé, não deixando o preconceito das religiões ser mais forte do que o amor ao próximo. Enfim, o ano será lento, como Oxalá, porém com passos firmes e fortes que nunca param.

 

Que todos os Deuses nos tragam as suas benças! Feliz 2016

 

Adriana S Martis

Terapeuta Holística do Instituto 7Raios

 

3/11/2015

Durante uma sessão, um filho chegou a um dos pretos velhos e perguntou:

- Meu pai, por que vocês que são espíritos tão evoluídos precisam das oferendas?

E o Preto Velho respondeu:

- Não somos nós que precisamos, são vocês.

E o filho indaga:

- Mas pai, porque nós?
- Porque vocês não tem fé. - Responde o Preto Velho.
- Mas pai, eu to aqui na frente do senhor, acredito no senhor e você me diz que não tenho fé.
- Sim - responde o Preto. Vocês não tem fé, porque se tivesse fé não estariam desesperados e não estariam aqui. Simplesmente acreditariam que as coisas iriam dar certo e elas aconteceriam.
- Mas Preto, o que tem a ver a fé com o fato das oferendas.
- Zi fio, vocês estão em um plano material, e precisam, para poder acreditar, algo palpável, algo material. Por isso pedimos para acender vela, por isso pedimos as oferendas. Porque elas são simplesmente a materialização da energia, pensamento, intenção de vocês. Só assim vocês acreditam. Só assim podemos agir na fé de vocês.

5/10/2015

 

 

 

"Ela é feiticeira, ela é poderosa, ela tem axé, é a dona da encruza, rainha da noite do cabaré, Seu sorriso é belo, seu corpo é lindo, o perfume é flor, seu cabelo é negro, o olhar certeiro ela traz amor, quando vem no terreiro não tem quem não olhe ela é linda demais e se tu não conhece ela Dama da Noite cuidado rapaz"

 

Dama da Noite, eu preciso de você!

 

Quem nunca chorou por amor? Quem nunca sofreu por perder alguém?

Neste mês de outubro, ela virá em nossa casa trazendo sua magia com seu encanto para nos ajudar. É ela quem vence demanda, que tem feitiço para dar e que no barco desta vida nos ensina a caminhar...

 

Abriremos o mês de outubro com um trabalho maravilhoso, voltado às   crianças de nossa comunidade. Um dia cheio de amor e muito carinho. (03/10)

 

Teremos também a mironga de preto velho. Pai João de Minas e a corrente dos pretos velhos que virão nos acalentar, auxiliar e ensinar com seus sermões a sermos pessoas melhores.

 

Claro que não poderia faltar uma singela homenagem à mamãe Oxum. Já que teremos a presença da Dama da Noite e das Marias trabalhando este mês a nosso favor, por que não começar com a grande Deusa do amor e da beleza? Invocaremos o amor da grande mãe. Comemorar seu dia, com cânticos, rezas e danças. Trabalhar com a doçura de suas caboclas. Com certeza, será um grande dia!!!!!

 

É já que falamos de amor, não poderia faltar a magia cigana... Ela estará presente duas vezes esse mês.  

 

Em 07/10, quarta-feira, exatamente às 20horas, faremos um ritual de purificação, que será muito bom, com caldeirão, velas, pedidos, e claro, muita fé direcionada para grande Deusa da Vida.

 

Na última sexta deste mês (30/10), teremos gira cigana. Nossos amados amigos espirituais virão em nosso espaço sagrado dar suas consultas, preencher o nosso coração e aconselhar, através de seus oráculos que caminho percorrer.

 

Tudo isso para você! 

 

A família 7Raios está de braços abertos para receber você.

Gratidão por confiar. 

 

Que meu Pai Oxalá abençoe todos vocês

 

 

 

24/9/2015

 

"Quando as nuvens parecerem pedras e flores, a terra será renovada por chuvas de primavera".

              

Damos boas-vindas a primavera!

              

A natureza acorda devagarinho e vai saindo do seu repouso de inverno. Seria como o nosso corpo em sintonia com o planeta. Reagiria renascendo, se renovando, invadindo um bem-estar grandioso, recarregando as nossas energias.

              

A natureza vai se abrindo lentamente, deixando-se revigorar e rejuvenescer toda a vida vegetal e animal. É tempo de alegria!

 

Povos antigos realizavam rituais a cada mudança de ciclo da natureza, ou seja, a cada mudança de estação. Os rituais de primavera eram valorizados por celebrarem a fertilidade, para marcar o início de um período de abundância e generosidade da Mãe Natureza.

              

Gostaria de deixar claro que estamos escrevendo sobre o ritual do Equinócio da Primavera no hemisfério sul. Então, aqui, comemoraremos o que os povos antigos da Europa comemoravam. Homenagem à Deusa Eostar, também chamada de Eostre, Ostera ou Esther, na mitologia romana Ostara é Ceres e na grega é Perséfone, e segundo Elvi Vasconcelos, autora do livro Toda Mulher é uma Deusa. Essa manifestação do feminino está ligada, também, com a Orixá Iansã, deusa africana dos espíritos dos mortos. Serve de guia para aquele espírito que se desprende do corpo. É aquela que indica o caminho a ser percorrido pela alma. Esta manifestação sagrada feminina presidi o nascimento da primavera que significa o despertar da vida na Terra.

              

O ritual do Equinócio da Primavera também recebia vários nomes, como Sabá do Equinócio da Primavera, Sabá do Equinócio Vernal, Festival das Árvores, Ostara e Rito de Eostre. É essencialmente um rito de fertilidade.

              

Os celtas realizavam o Equinócio de Primavera para avisar que o poder da luz começava a ganhar ascendência sobre o poder das trevas. O ritual marcava o início do plantio, tanto físico como espiritual. Neste dia, povos antigos da Europa colhiam flores nos campos e as levavam para casa. Acreditavam que as flores colhidas neste equinócio tinham potenciais mágicos e, por meio delas, seriam capazes de se conectarem a energia renovadora da Natureza. Depois faziam essas flores ficarem secas e com elas faziam-se os enfeites para as casas, que permaneciam até o ritual do ano seguinte, simbolizando a renovação e trazendo prosperidade e saúde.

              

Nos dias de hoje, mesmo com tecnologia e conhecimento científico, podemos aproveitar a chegada da primavera para retomar nosso contato com a Natureza e atrair boas energias de renovação e prosperidade para a nossa vida.

              

Embora seguidores de algumas religiões ainda pratiquem certos rituais ligados aos ciclos da natureza, você não precisa participar de um Sabá para celebrar esta passagem do ciclo. Pequenos rituais podem e devem ser feitos no lar e sendo incorporados no seu dia-a-dia para lembrar que não estamos aqui por acaso e que não só influenciamos como também somos influenciados por este grande ser do qual fazemos parte: a Natureza, a minha grande Deusa.

              

Pai Girassol, em suas consultas, diz que ficamos doentes porque nos desconectamos do Planeta, que comemos coisas que não nascem na época certa, e que nosso corpo reage com isso. E estudando eu passei a acreditar. Somos influenciados pelas energias que vem do céu com certeza, e a responsável dessa conexão chama-se glândula pineal. Mas, o intuito hoje é aproveitar este período para atrair prosperidade e encher a sua vida com essa maravilhosa energia renovadora. Então ai vão algumas dicas para você fazer seu próprio ritual e atrair a positividade em sua vida.

 

Gratidão meus queridos leitores!

 

Dicas da Cigana para harmonizar o Lar:

  • Enfeite sua casa com flores e frutas. Como este ano é o ano que o Planeta Marte e o Orixá Ogum regem, eu indico cravos, rosas vermelhas e frutas como goiaba e manga.

  • Vale priorizar uma alimentação leve. Fazer purificações do corpo através da alimentação e que ajudam a facilitar a abertura da intuição. É o caso dos chás de anis, canela, alecrim e manjericão.

  • Vista-se com roupas de cores claras ou estampadas com flores e tome banhos perfumados com cravo e canela. Os perfumes mais indicados para este período são os de lavanda e de rosas.

  • Acenda velas perfumadas, de cores claras e espalhe pelos ambientes. Quando estiver acendendo as velas, se desejar, mentalize a seguinte frase: “Abençoada seja essa primavera que regressa, que a roda da vida sempre gire a meu favor, que assim seja e que assim se faça! ”.

  • Para se conectar ainda mais com as energias da natureza é recomendável fazer passeios em parques e praças, observando a mudança do ritmo da natureza nas plantas e nos insetos, e sentindo a grandeza deste momento permitindo-se renovar a energia de seu corpo.

  • Incensos de patchouli, almíscar ou rosas.

  • Em suas oferendas coloque vinho tinto, sidra ou suco de uva, bolo de mel, pães e frutas vermelhas. Adorne com pétalas de rosas brancas e amarelas.

              

Para quem quer trocar de emprego ou conseguir um, o Equinócio de Primavera é conhecido também como a Festa do Arcanjo Miguel.

              

A força do Cristo traz nesta estação uma intensa luz que podemos dizer que é diretamente vinda do Coração de Arcanjo Miguel, o grande protetor. Arcanjo Miguel está ligado com o Cristo, pois sempre esteve ao lado de Jesus o amparando e protegendo-o. Hoje podemos dizer que Arcanjo Miguel retorna em nossas vidas nos protegendo e transmutando correntes de ódio em correntes de cura pelo amor.

              

Arcanjo Miguel trouxe o impulso necessário para que Jesus se transformasse no Cristo. Então vamos utilizar essa força maravilhosa para impulsionar nossa vida. Dar ânimo, coragem, discernimento, muita fé, criatividade e principalmente a paz. Despertar para a nossa evolução.

              

Quando Arcanjo Miguel derrotou o dragão, não o matou. Simplesmente o jogou para o fundo das profundezas do Inferno. Imagine que o dragão são seus inimigos que não devem ser mortos, mas dominados e transmutados. Coisas que te fazem muito mal como mágoa devem ser jogados fora do seu coração, permitindo que a paz retorne a sua vida.

              

Estudos ocultos dizem que um grupo de anjos da hierarquia celeste vinda do Planeta Mercúrio, ajudarão Arcanjo Miguel a incitar os humanos que estiverem mais evoluídos nas verdades superiores, a ter mais autocontrole, paciência e o uso da vontade. Vêm também estimular os estudos e iluminar a mente.

              

O amor conduz à vibração essencial para nos alinharmos com Deus e com nossa amada Natureza. Recupere o estado de harmonia em sua vida. Inicia-se um novo período para abertura do fluxo do amor, do equilíbrio, da paz e da beleza.

 

17/9/2015

LUA PÉ NO CHÃO!

 

Minguante é tempo de planejamento, finalizações, conclusões e excelente para cuidar da saúde.

 

Especialmente favorável ao planejamento de atividades e empreendimentos, ao término de trabalhos inacabados, à solução criativa de problemas ligados ao passado, ao relacionamento com jovens, adolescentes e crianças e ao inicio de tratamentos de saúde.

 

PRINCÍPIO: TEMPO DE RECOLHIMENTO E INTERIORIZAÇÃO

  • Boa para fazer limpeza e jogar coisas fora

  • Boa para arrumar a casa

  • Controle todos os impulsos

  • Boa para neutralizar magia prejudicial

  • Lua de recolhimento, análise e balanço

 

TEMPO DE FINALIZAÇÕES E CONCLUSÕES PARA NÃO COMEÇAR UM NOVO CICLO LUNAR COM PENDÊNCIAS

 

Esta Lua é ótima para se largar situações insatisfatórias, porque estamos menos atingidos por elas. Tudo perde um pouco a intensidade e a importância. 

  • Aproveite esta fase e faça uma introspecção e autoanálise. 

  • Não insista em assuntos ou projetos que não vingaram até agora. 

  • Aguarde por nova chance na Lua Nova. 

Não dê a partida. Recolha energias e as utilize para terminar coisas e finalizar 

pendências. 

 

Trabalho: 

  • Boa para revisar textos, cálculos e planejamentos 

  • Não iniciar projetos nem tarefas. 

  • Não marcar entrevistas 

  • Não iniciar em novo emprego ou nova atividade 

  • Não inaugurar nada 

  • Boa para trabalhos de pesquisa, arquivo ou revisão de papéis 

 

Este ritual é muito importante, pois traz a possibilidade energética da renovação. Fortalece a abertura para o novo. Ajuda a gente a reconectar com o fluxo divino. Estar em um ritual nas entradas das estações, especialmente na primeira quinzena, é uma prática mágica e poderosa, das mais antigas que existem. É uma oportunidade para nos alinharmos com o Universo, abrindo um fluxo positivo para vida. A conexão com a essência da primavera relembra o ouro interior e a consequente abundância ressonante. Este ritual possibilita a conexão com o amor e apoio do Universo. O fluxo da primavera facilita essa lembrança energética, possibilitando uma mudança significativa na vida para aqueles que sustentarem a reconexão oferecida neste ritual.  

 

O ritual intenciona:

 

- Alinhamento para abrirmos um campo de intenções ressonantes e positivas. (A felicidade é consequência de escolhas ressonantes com a essência),

- Liberar padrões e bloqueios inconscientes que nos faz perder energia e eliminar distrações que nos afasta de nossos propósitos,

- Consciência de padrões que retiram o amor por si, ferindo a estima, como culpas, autopunições, cobranças, entre outros,

- Conexão com a vibração da graça, da prosperidade, da saúde em todos os níveis e abertura do canal para dar e receber amor,

- Reconfirmação do contrato divino.

 

Se possível, vir com roupa de cor ou uma peça.

 

Tempo aproximado de duração: 1 hora e quinze

 

O que é um ritual:

   

O ritual é um trabalho de interiorização realizado em grupo, mas voltado totalmente para o individual. Não há nenhum tipo de exposição neste trabalho. Em um ritual, a movimentação da energia fica potencializada, aliando a presença de cada um com o campo de cura da escola, formando-se um forte circuito de cura.

 

É um trabalho para fortalecer e equilibrar os níveis: físico, emocional, mental e espiritual, independente do tema. 

 

Para cada pessoa o ritual age de forma diferente. Nos dias seguintes após o ritual, as reverberações de transformação continuam acontecendo. O campo da escola Essência é absolutamente seguro e estruturado para que a transformação possa acontecer profundamente, sempre com equilíbrio e leveza.

10/9/2015

Owmmmm

Essas carinhas me matam de amor!

 

Adoro o mês de setembro. Entrada da primavera, parece que o ambiente fica mais leve, as pessoas ficam mais calmas, pelo menos aparentemente, eu me sinto assim! Só de lembrar que esse mês tem festa de Erê no centro, sei lá, parece que alivia o coração. Nossos anjinhos do céu.

 

Erê é o intermediário entre a pessoa e seu Orixá, é o aflorar da criança que cada um guarda dentro de si; reside no ponto exato entre a consciência da pessoa e a inconsciência do Orixá. É por meio de Erê que o Orixá expressa sua vontade, que o noviço (Yao) aprende as coisas fundamentais do candomblé, como as danças e os ritos específicos de seu Orixá

 

A palavra Erê vem do yorubá, que significa “brincar”. Daí a expressão Siré que significa “fazer brincadeiras”. A palavra iré em yorubá significa “boa ação ou favor”. O Erê (não confundir com criança que em yorubá é omodé) aparece instantaneamente, logo após o transe do Orixá, ou seja, o Erê é o intermediário entre o iniciado e o orixá. Durante o ritual de iniciação, o Erê é de suma importância, pois muitas vezes trará a mensagem do Orixá. No Candomblé, acredita-se que os Erês são crianças que foram geradas no ventre de mães e que por doenças ou algum motivo não chegaram a viver entre os humanos na terra.

 

Na Umbanda, também se manifestam como espíritos de crianças pequenas e são a alegria que contagia os terreiros. Simbolizam a pureza, a inocência e a singeleza. Seus trabalhos se resumem em brincadeiras e divertimentos. Podemos pedir-lhes ajuda com nossos filhos, resolução de problemas, fazer confidências, mexericos, mas nunca para o mal, pois eles não atendem pedidos dessa natureza. Mas, costumamos dizer que o que o Erê faz ninguém desfaz.

           

São espíritos que já viveram encarnados na Terra e que optaram por continuar sua evolução espiritual através da prática da caridade, incorporando em médiuns nos Terreiros de Umbanda. Em sua maioria, foram espíritos que desencarnaram com pouca idade, por isso trazem características de sua última encarnação, como o trejeito e a fala de criança, o gosto por brinquedos e doces.

           

Quando incorporadas em um médium, além das brincadeiras de correr e se usar seus brinquedos, fazendo suas artes como qualquer criança, despendem muita energia e é necessária grande concentração por parte do médium (consciente), para não deixar que estas brincadeiras atrapalhem na mensagem a ser transmitida.

 

Os “meninos” são em sua maioria mais bagunceiros, enquanto que as “meninas” mais quietas e calminhas. Alguns deles incorporam pulando e gritando, outros descem chorando, outros estão sempre com fome, etc. Estas características, que às vezes nos passam desapercebidos, são sempre formas que eles têm de exercer uma função específica, como descarregar o médium, o terreiro ou alguém da assistência. Aqui as meninas são bem danadas, começando pela minha lindinha.

           

O fato de ter bastante brincadeiras nesta gira, não devemos menosprezar ou interpretar como diversão, embora seja realizada em dias festivos, e não consigamos conter os risos, é uma gira que tem um trabalho muito sério e que ajuda as pessoas a trabalharem os seus chakras e a equilibrarem suas emoções.

           

A festa de Cosme e Damião, Santos católicos sincretizados como Ibeiji, é comemorada no dia 27 de setembro. Sempre muito concorrida, com distribuição de bolo, doces, guaraná, pipoca e o famoso caruru.

           

As festas para Ibeiji tem duração de um mês, iniciando no dia 27 de setembro e terminando em 25 de outubro, isso por conta da ligação espiritual que há entre Crispim e Crispiniano com Cosme e Damião.

           

Um outro ponto é que o Erê não gosta de desmanchar demandas e nem de fazer desobssessões, e em seu decorrer vão trabalhando com seu elemento de ação sobre o consulente, modificando e equilibrando sua vibração, regenerando os pontos de entrada de energia do corpo humano.

           

Não são tolos, identificam muito rapidamente nossos erros e falhas humanas. E não se calam quando em consulta, pois nos alertam sobre eles.

           

Muitas entidades que atuam sob as vestes de um espírito infantil, são muito amigas e tem mais poder do que imaginamos. Infelizmente como não são levadas muito a sério, o seu poder de ação fica oculto. São excelentes conselheiros e curadores, por isso foram associados à Cosme e Damião, curadores que trabalhavam com magia dos elementos.

           

Neste mês de setembro, vamos fazer nossas oferendas para eles, para as crianças. Faremos uma corrente de luz e amor, pedindo que ajudem nosso Brasil, que protejam todas as crianças e que amenizem nossos corações dos medos.

 

Boa sorte!

 

Não tem dia para começar.

           

Pegue um prato branco de porcelana, escolha 7 doces como paçocas, pé de moleque, doce de abobora, coloque pirulito e balas, tire os papéis. Coloque um pouco de açúcar em cima dos doces. No meio do prato coloque o copo com guaraná. Vá mentalizando seus pedidos.

           

Recomendamos a acender duas velas nas cores azul claro e rosa. Representando o menino e a menina. 

           

Eu tenho o costume de cantar pontos de Erê, mas se você não conhecer. Faça suas orações pessoais e ofereça a São Cosme e São Damião. Faça com fé.

 

Definir Fé: Buscar aquilo que eu não tenho!

24/8/2015

Queridos amigos,

 

            Estamos chegando ao mês de setembro, agora dia 24/08 e até 22/09, entraremos no signo de virgem. Esta constelação, ativa um período ótimo para trabalharmos a nossa cura física, a conexão com o propósito de vida e abertura profissional.

            A constelação de virgem facilita o despertar da consciência para nossos verdadeiros desejos da alma.

            Virgem, um signo com senso crítico. Faz um momento de introspecção para que pensamos o que faremos nos próximos meses.

            Você que disse que iria iniciar uma dieta. Você que se propôs a estudar. Você que quer resolver algo e nunca consegue. Sabemos que muitas coisas acontecem para nos tirar o foco, especialmente aquele que nos traria a realização pessoal. Vamos colocando coisas na frente de nossos anseios e deixando sempre de lado nossas metas.

            Aproveite esta oportunidade para olhar sua vida, a fim de deixar o que é mecânico e desprovido de significado essencial para abrir caminho para a verdadeira essência do ser. O que realmente importa para você? Se faça essa pergunta.

            Virgem em essência positiva é integridade, conexão com o céu e a terra, a confiança, realização de propósitos, mas em sua polaridade negativa de persistência em atos mecânicos e enfadonhos, pensamentos repetitivos ou obsessivos, muitas preocupações, falta de confiança e ansiedade com o futuro.

            Avalie neste período qual polaridade está se manifestando em você. Se for a positiva, se apegue os seus sonhos e siga suas metas, em confiança e atitudes.

            Mas se estiver na polaridade negativa, aconselho a procurar algum tipo de tratamento holístico que vise a melhora dos pensamentos. Vale ressaltar que a ajuda espiritual é de suma importância. Tudo que te fizer sair do negativo e te trazer ação neste momento será bem valioso.

1/8/2015

 

O final de Julho é comemorado como o Ano Novo Planetário, porque muitas das antigas raças na Terra reconheceram isto como o momento em que um importante Novo Ciclo do Tempo Evolutivo era iniciado. Este período esteve também associado ao que era conhecido como o “Portal de Leão”, o momento histórico em que a constelação de Leão se alinhava ao complexo de Pirâmides, em Giza. Mas vocês poderiam perguntar: Por que isto é tão importante para mim no ano de 2015?

Isto é porque o Ano Novo Planetário comemora o momento em que a Estrela Azul Sírius surge no céu da manhã, ao mesmo tempo e em localização próxima ao nosso Sol. É o momento em que a Terra tem Dois “sóis” no céu. Um sol é Dourado e o outro é Azul, em Frequência. Esta conjunção de Estrelas celebra a longa conexão entre a Terra e o seu Sol, e o Sistema Estelar de Sírius.

No Egito Antigo, na pós civilização Atlante, que surgiu às margens do Nilo, o nascimento heliacal ou helíaco de Sírius, (N.T: O nascer helíaco ou nascimento heliacal de um corpo celeste é o momento em que este torna-se visível no horizonte, imediatamente antes do nascer do Sol, estando suficientemente afastado para que não seja ofuscado pelo brilho dele.), como é conhecido, marcava também o momento em que o Rio Nilo se elevava, devido às chuvas na África Central, e inundava as planícies do Egito, de modo que as culturas pudessem ser cultivadas. A elevação das águas significava o retorno da Abundância e as Bênçãos à terra, e isto estava também associado à Sírius e ao seu nascimento helíaco, no Oriente.

Sírius tem sido, há muito tempo, uma luz guia e força na Evolução da Terra. Houve muitos Mestres Estelares poderosos que vieram à Terra para ajudar à Humanidade, e eles eram considerados como “deuses”. Estes mestres incluíam os Seres conhecidos como Ísis e Osíris, que trouxeram a arte da agricultura e a aprendizagem às pessoas do Egito Antigo, para ajudá-las a reconstruir o seu mundo após o trauma da catástrofe da Atlântida. E agora, neste momento, foi-nos dito que os Mestres de Sírius estão retornando ao nosso mundo para nos ajudar no alinhamento de nossas frequências com a chegada da Luz Diamante, que está elevando a frequência de nosso Planeta e da Humanidade.

27/7/2015

Sou de Nanã

           “... dizem que quando Olorum encarregou Oxalá de fazer o mundo e modelar o ser humano, o orixá tentou de vários caminhos. Tentou fazer o homem de ar, como ele. Não deu certo, pois o homem logo se desvaneceu. Tentou fazer de pau, mas a criatura ficou dura. De pedra foi a pior tentativa. Fez de fogo e o homem se consumiu. Tentou azeite, água e até vinho-de-palma, e nada.

          Foi então que Nanã veio em seu socorro. Apontou para o fundo do lago com seu ibiri, seu cetro e arma, de lá retirou uma porção de lama. Nanã deu a porção a Oxalá, o barro do fundo da lagoa onde morava ela, a lama sob as águas, que é Nanã.

          Oxalá criou o homem, o modelou no barro. Com o sopro de Olorum ele caminhou. Com ajuda dos Orixás povoou a Terra. Mas tem um dia que o homem morre e seu corpo tem de voltar à Terra, voltar a natureza de Nanã.

          Nanã deu a matéria no começo, mas quer de volta no final tudo o que é seu..."


_______________________________________________________

          Nanã, esta é a forma, além de dançarmos para vós, de homenagear as suas forças, nunca deixar seu culto morrer. Vós que é a senhora da vida e a senhora da morte. Foi vós que trouxe o sopro da vida, a alma.

          E é da alma que quero lhes falar.

 

          Viver plenamente o agora, essa é a chave da vida. Não podemos ficar presos ao passado. A alma reconhece apenas o amor e quando nos deparamos com a dor, ela tenta expulsar, e nós com a nossa razão, sem equilíbrio nenhum na emoção, deixamos ser dominados por sentimentos que não pertencem a espera da nossa luz interior.

 

          De que adianta ruminar a tristeza, os rancores e os ressentimentos pelos fatos do passado? Isso só serve para atormentar a si próprio, desgastar energia e muitas vezes incomodar outras pessoas, pelas coisas que não conseguimos resolver.

 

          Quaisquer que sejam os fracassos sofridos ou tristezas que você tenha vivenciado, foram experiências desta vida e acrescentaram-lhe algo.

 

          Vamos aproveitar essa oportunidade que o plano espiritual está nos dando e transformar a nossa vida. O "Grande Chamado" para si mesmo está aqui e agora. Achamos que o mundo está repleto de imperfeições, cheio de violência, aflições..., mas tudo isso faz parte da grande transformação que o planeta está passando. São seres humanos com resistência as mudanças, com resistência de sair de tudo aquilo que faz mal, ou simplesmente deixar de fazer mal aos outros. Por isso precisamos de muitas vibrações de luz na nossa vida, para não deixar essas imperfeições criadas atrapalharem a nossa vida.

 

          Agora é hora de você deixar para trás tudo aquilo que te faz mal, e trabalhar essa luz perfeita em harmonia em sua vida. 

 

          Começarmos por si mesmo! Depois alcançamos aos outros e assim vamos criando uma egrégora de luz e muito amor em nossa vida!

Sou de Nanã porque pertenço a ela, todos devem a vida e todos temem a Morte e Nanã rege esses mistérios sagrados.

 

Nasci dos mares de Yemanjá, mas quem me deu a vida foi Nanã! 

 

Saluba!

 

          Nàná Buruku ou Nàná Bùkùú ou ainda Nàná Brukung é uma divindade muito antiga e respeitada.

          Seu nome não deve ser pronunciado em vão, a qualquer momento, pois Nanã é a fronteira entre a vida e a morte.

          Considerada a mais antiga dentre as divindades das águas, não das ondas turbulentas do mar, como Iemanjá, ou das águas calmas dos rios, domínio de Oxum, mas das águas paradas dos lagos e lamacentas dos pântanos.

          Sua força também está na chuva, a água que lava as coisas ruins. Por isso não é sábio reclamarmos quando a chuva nos impede de ir a algum lugar, ou fazer algo, pois ali na água que nos caí no rosto, está Nanã.

          Sua força também está no barro, e é contado em algumas lendas que do barro de Nanã foi feito o corpo do ser humano, e quando morremos, Nanã recebe o que é seu por direito, e empresta novamente para que novas vidas existam.

          O arquétipo de seus filhos, é o de pessoas calmas, gentis. Fazem tudo sem pressa. Gostam muito de crianças e as mimam com demasia, sem impor limites, como os avós. São ciumentas e sabem perdoar aqueles que amam, muito bondosas, amam os animais. São pessoas maduras, dignas, agem com calma, gentileza, segurança e majestade. São excelentes conselheiros, experientes, sábios, cheios de bondade e piedosos. Tranquilos e caseiros, são comparáveis a uma avó, daí ser sincretizada como Sant´Ana. Como Yemanjá e mãe devotada e interessada nos problemas dos filhos. Seu aspecto terrífico, porém, é o de Senhora das Almas, a mãe dos mortos. 

          Outra grande característica dos filhos de Nanã é a sua capacidade para os trabalhos pesados. São superlaboriosos e gostam de que os outros reconheçam esta sua qualidade. Trabalham com afinco, mas vibram quando desempenham a maior parte das tarefas sozinhos.. isto é motivo para que se sintam indispensáveis e extremamente úteis, tendo muito o que falar. 

Cuida da elevação dos seus filhos espiritualmente e da sua regeneração. Detesta a arrogância e a teimosia, grande defeito de seu esposo Oxalá. Prefere dar conselhos a favores. Entretanto, é capaz de resolver as maiores dificuldades, decidindo com justiça causas aparentemente perdidas. Só atende aos filhos que veja mérito e habilidades especiais. Não atende aos fracos, volúveis e hesitantes. 

Seu olhar tem um brilho hipnótico que paralisa os que se atrevem a contemplá-La diretamente. É freqüente ser vista por aqueles que irão morrer. Entretanto, sua aparição pode indicar que alguém fez um feitiço contra quem a vê. 

São dados a falarem sozinhos, bem baixinho. Costumam ser divertidos, ferinos, dramáticos ao extremo, contadores de anedotas, amantes de festas e de danças, mas um pouco masoquistas, hipocondríacos e manhosos. São apreciadores de boa bebida, bebendo com controle, de ambientes públicos e de xiliques! São ciumentíssimos, condição que detestam que transpareça. Por ciúme é capaz de ficar sem falar com alguém pelo resto da vida. Têm dificuldade em perdoar os defeitos alheios. São rancorosíssimos e chorosos. Quem lhes aprontar alguma que se cuide, pois raramente os pedidos de perdão serão aceitos.  Detestam o ridículo e o escândalo público, mas não têm medo de briga, sendo capazes de ir até as últimas conseqüências. Detestam que invadam a sua privacidade, apesar de terem uma certa tendência a botarem o bedelho na vida alheia, sem que sejam solicitados. Nanã é mãe de Omolu, Oxumarê e Ossaiyn. 

Este Orixá tem forte relação com todas as Iyabás, as Mães d’água, e assume, junto à Yemanjá, o papel de Grande Mãe do mundo. Em algumas tradições inclusive, ela assume, junto à Obatalá o papel de polaridade feminina na Criação. 

O “na” que compõe seu nome tem o mesmo significado do “ye” de Yemanjá, ou seja, “mãe”. No entanto, para nós, ela assumiria mais o papel da avó mítica que o papel da mãe. E mesmo que possa parecer estranho, o símbolo da avó, a mãe da mãe, assume características bastante diversas. Aqui podemos ver a maternidade em sua forma mais madura, mais sábia. Nanã representa a sabedoria e a senioridade, a calma e a paciência que são conquistadas através da experiência de vida e somente após longo tempo de vida neste planeta. 

Nanã é representada pelo barro primordial, pelas águas profundas e calmas e, por isso, pelas lagoas. É a senhora do profundo e assume a responsabilidade de zelar pela vida antes e depois da encarnação. Enquanto Oxum zela pela gestação e Yemanjá pela maternidade, Nanã é quem trás o espírito que virá assumir determinado corpo e o encaminha após seu tempo na Terra. Aqui assume forte relação com Omolu em seu papel de Senhor da Morte. Habita em conjunto com Omolu os cemitérios e muitas tradições africanas não estabelecem qualquer diferença entre esses dois Orixás, como se fossem duas facetas da mesma moeda. 

Nós não compartilhamos desse entendimento de forma plena mas respeitamos a grande relação desses dois Orixás. Preferimos a representação deles como Mãe e Filho. Mas em muitos casos fica realmente difícil dizer onde começa a influência de um e termina a do outro. Assim como todos os Orixás, como representações da força maior de Olorum, nem sempre sua manifestação pode ser claramente definida e catalogada como a mentalidade ocidental gostaria. 

Nanã, quando manifestada em um ritual, carrega o Ibirí, sua ferramenta, como uma mãe que embala o filho entre os braços. Seu simbolismo se aproxima do xaxará de Omolu, e ambos são feitos, em essência, dos mesmos materiais. Enquanto Omolu utiliza o Xaxará para livrar o mundo de toda doença, Nanã carrega o Ibirí como se este fosse o próprio Omolu. Dizem d´Ela que é a senhora da vassoura, em alusão ao seu poder de limpeza energética. Também aqui podemos encontrar outra utilização do Ibirí. Nanã é a avó mítica, aquela que mima os netos e encara a vida com a sabedoria adquirida com a idade. Seria a senhora Sant’Ana católica, avó de Jesus. Sua energia acaba sendo bastante delicada de lidar uma vez que os seres humanos ainda não possuem a devida maturidade exigida por essa Grande Senhora. 

Muitas casas limitam o número de filhos que podem ser consagrados à Nanã e em muitos Templos, um filho de Nanã só poderá ser feito após o desencarne de outro. A delicadeza da energia de transformação em sua forma feminina acaba por exercer mais espanto que a energia de Omolu. Como lidamos mal com os processos de transformação! Isso fica claro com os mantras tanto de Nanã como de Omolu. Quando salvamos esses grandes Orixás, diríamos “atotô!”, ou seja, “silêncio!” em sinal de respeito e temor ou ainda diríamos “salubá!” que alguns entendem como “escondam-se” como se a força que se apresenta fosse também digna de respeito mas, acima disso, de temor. 

Verger aponta a influência desse Orixá naquelas que o carregam de frente em sua coroa mas nos parece que o faz com ênfase em sua “oitava superior” quando a relaciona com “o arquétipo das pessoas que agem com calma, benevolência, dignidade e gentileza. Das pessoas lentas no cumprimento de seus trabalhos e que julgam ter a eternidade à sua frente para acabar seus afazeres. Elas gostam das crianças e educam-nas, talvez, com excesso de doçura e mansidão, pois têm tendência a se comportarem com a indulgência dos avós. Agem com segurança e majestade. Suas reações bem-equilibradas e a pertinência de suas decisões mantêm-nas sempre no caminho da sabedoria e da justiça”1. 

Já Beniste o faz de forma mais realista em nosso entendimento quando cita como características: “São velhas antes do tempo – lentas nos atos e ações – calmas, equilibradas, trabalhadoras, gentis, dignas – têm reservas sobre os homens – resistência física, austera, sem beleza ou vaidade – não suportam desordem e desperdício – gostam de crianças – reclamam muito – são sábias, carinhosas, ranzinzas – são dadas a cozinhar e costurar”2. Nanã tem relação, no corpo humano, com o aparelho circulatório e, em conjunto com Omolu, com todos os ossos. Como é uma divindade associada aos primórdios da criação, quando se manifesta em seus filhos, dança com movimentos lentos e dignos. Os emblemas, objetos rituais, cantigas, saudações e mitos que constituem seu culto também destacam os três elementos aos quais Nanã está associada: água, lama e morte. 

Nanã quando se manifesta em seus filhos carrega o Ibiri na mão direita ou o coloca sobre as duas mãos, imitando o movimento de ninar uma criança. Este cetro é a representação mais importante de Nanã. Segundo um de seus mitos de fundamento, Ela nasceu com ele, ele não lhe foi dado por ninguém. Ibiri significa “meu descendente o encontrou e trouxe-o de volta para mim”. Quando Nanã nasceu a placenta continha o Ibiri. Na África, quando as filhas de Nanã seguram o Ibiri, ele é recoberto com pó de Ossum. Todos os emblemas que significam descendência estão sempre cobertos ou submersos em “sangue vermelho”. 

A Relação de Nanã com os descendentes existentes em seu interior e com a fertilidade (descendentes nascidos de seu ventre no aiyê) está simbolizada pelo uso abundante de búzios. Os búzios pertencem ao branco. Porém, os búzios não simbolizam o branco genérico, como o Alá de Oxalá, mas porções do branco, seres individualizados, unidades que resumem ou sintetizam a interação dos dois poderes genitores. 

Nanã é a senhora das águas paradas, dos pântanos e lagoas, das areias movediças e das poças d’água. É a senhora da lama, por excelência: a síntese de elementos primordiais, podendo ser definida como “início, meio e fim”. Conta um mito que Obatalá tentara criar o homem, cumprindo uma determinação de Olorum. Obatalá experimentara vários elementos para confeccionar a criatura sem obter resultado favorável. Decidiu apelar a Nana. 

A yabá aceitou colaborar, impondo uma condição: seu elemento, o barro, retornaria para ela após o período da passagem da criatura no Aiyê. Obatalá aceitou a condição. Com a lama modelou o boneco, derramando-lhe o próprio hálito. Assim nascera a vida no Aiyê. 

Nanã se apresenta na forma de uma senhora idosa e muito lúcida, sábia, poderosa e que tem conhecimento do próprio poder. Ela é justa e solitária, forte e corajosa, e, mais do que tudo, dotada de um caráter ambíguo, pois ela é a fonte de vida dos seres humanos, mas também é a Senhora de Iku, a morte, que está eternamente a seu serviço. 

Nanã também está intimamente ligada a seu filho Omolu, o responsável por transformar o falecido na matéria-prima que lhe pertence, devolvendo-lhe a forma original para que seja novamente emprestada a Obatalá, entregue à eterna tarefa de modelar e animar os viventes. 

Please reload

 POSTS recentes: 

05.10.2015

01.10.2015

24.09.2015

Please reload

 ARTIGOS PUBLICADOS: 
Please reload